Alinde Odontologia

Guia básico de saúde bucal: dicas para toda família

10 de maio de 2019

Quantas vezes ao dia você escova os dentes? E o fio dental, você usa com qual frequência? Qual foi a última vez que você trocou sua escova dental? Você tem escovado os dentes de forma correta?

Os números do IBGE sobre saúde bucal são alarmantes: mais de 11% da população brasileira nunca visitou um dentista, entre eles 2,5 milhões de adolescentes. Além disso, mais de 8 milhões de brasileiros com mais de 30 anos já usam prótese e 3 a cada 4 idosos não possuem nenhum dente.

Com o objetivo de ajudar toda família a tratar da saúde bucal com prioridade,  a Alinde Odontologia separou dicas básicas de cuidados. Os mandamentos básicos são:

  1. Pratique a escovação no mínimo três vezes ao dia, principalmente após as refeições.
  2. Use o fio dental diariamente.
  3. Visite o dentista a cada 6 meses.

 

Outras dicas infalíveis no combate às doenças bucais são:

  • Escovação correta: tão importante quanto a frequência, a escovação correta é simples. Com a escova limpa e a pasta na quantidade de um grão de arroz, encoste as cerdas da escova na região entre a gengiva e os dentes. Com movimentos circulares ou verticais, da gengiva para fora, repita o movimento em média dez vezes para cada 2 dentes. Esse procedimento deve ser feito na parte externa e interna dos dentes. Já para limpar a parte de cima, deve-se fazer um movimento de vai-e-vem. Por fim, não esqueça de escovar a língua.

 

  • Fio dental: parece difícil, mas não é. Para usar o fio dental corte um pedaço de 30 a 40 cm e enrole na ponta dos dedos médios. Posicione o fio dental firmemente contra cada dente e mova suavemente para cima e para baixo contra as paredes laterais dos dentes. Esse processo deve ser feito pelo menos uma vez ao dia.

 

  • Nutrição: a atenção redobrada com a alimentação também impacta na saúde bucal, pois alimentos ricos em açúcares, como refrigerantes, balas, bolos, biscoitos e chocolates podem contribuir com a cárie dentária. Opte pela ingestão de uma dieta balanceada com frutas, proteína, derivados de leite e grãos integrais.

 

  • Atenção aos sinais: dores, halitose, sensibilidade e sangramentos não devem ser encarados com normalidade e sim como indícios de problemas bucais. Diante de qualquer anormalidade, agende uma consulta com o dentista, pois qualquer doença bucal é mais fácil de ser tratada quando diagnosticada no início.

 

  • Limpeza periódica: mesmo que você seja um ótimo paciente na prática da higiene bucal e alimente-se de forma correta, a profilaxia realizada no consultório é indispensável, já que ela é mais completa do que a realizada diariamente com a escova, creme e fio dental. A limpeza realizada no consultório pelo dentista higieniza dente a dente e a parte mais profunda da gengiva. A frequência recomendada é semestral.

Pequenas práticas diárias podem te garantir um sorriso bonito e cheio de saúde.