Alinde Odontologia

6 mitos e verdades sobre cáries

18 de dezembro de 2018

 

Você sabia que, de acordo com um levantamento nacional do Ministério a Saúde, em 2010, cerca de 44% das crianças de 12 anos estavam livres das cáries? A notícia é ótima, mas não podemos relaxar na prevenção e combate do problema bucal mais comum entre adultos e crianças.

Como quem não quer nada, o resto de alimento acumula entre os dentes dando início a um buraquinho que, depois de dias sem ser notado, chama atenção pela dor. Apesar de parecer inofensiva e ser facilmente tratada, a cárie pode ser o início de problemas bucais mais graves, por isso não pode ser ignorada.

Para te ajudar na prevenção desse problema, separamos 6 mitos e verdades sobre a cárie. Veja:

  • Apenas crianças têm cáries

MITO. Tanto adultos quanto crianças podem desenvolver a doença bucal. Porém, as cáries aparecem com mais frequência nas crianças porque elas costumam ter uma dieta mais rica em açúcares e menor coordenação motora, o que dificulta a higienização correta.

O ideal é que, ao nascer os primeiros dentes, a criança inicie a limpeza com uma escova macia. O mais importante é que os adultos incentivem o hábito de higiene bucal desde cedo para que a criança desenvolva coordenação motora para escovar e passar o fio sozinha.

  • Cáries oferecem risco à saúde

VERDADE. Quando não diagnosticada e tratada corretamente, a cárie pode causar uma infecção no osso, que facilita o acesso de bactérias bucais na corrente sanguínea, gerando então problemas cardíacos, pneumonias e outras complicações de saúde.

Quando não diagnosticada e tratada corretamente, a cárie pode evoluir e gerar uma infecção endodôntica (canal) ou até mesmo periodontal (gengiva) e as bactérias presentes podem atingir a corrente sanguínea gerando problemas sistêmicos mais graves.

  • Cáries não são transmissíveis

MITO. A bactéria que dá origem à cárie pode ser transmitida facilmente pelo beijo na boca, pelo compartilhamento de talheres ou até mesmo quando um adulto assopra a comida da criança. Portanto, atenção!

  • Alimentação impacta diretamente no aparecimento das cáries

VERDADE. Os grandes vilões da saúde bucal são os carboidratos e a sacarose (açúcar). Alimentos como arroz branco, macarrão, pão, batata, refrigerantes, águas aromatizadas, sucos e bebidas com açúcar devem ser evitados, pois aumentam a acidez bucal e tornam o ambiente mais propício para proliferação de bactérias. As balas e doces, geralmente, aderem aos dentes, o que dificulta a higienização e resulta na cárie.

  • Cáries são inofensivas

MITO. A cárie, dependendo do estágio de desenvolvimento, pode provocar o escurecimento dos dentes, buraco, dor, perda do dente e consequentemente alteração na mordida.

  • Prevenir é melhor que remediar

VERDADE. Além de frequentar o dentista periodicamente, a atenção com a alimentação é muito relevante na prevenção da cárie, portanto diminua a frequência dos lanches entre as principais refeições e consuma menos açúcares, dê preferência para alimentos saudáveis e fibrosos, como frutas e vegetais crus. Além disso, redobre a atenção com a rotina de escovação e uso do fio dental, principalmente à noite.

*Contribuiu para o artigo Dra. Caroline Abahit